Países com acordos recíprocos de isenção de visto

Os nacionais dos países, além de Portugal, que têm “Acordos Recíprocos de Isenção de Visto com o Japão”, sendo portadores de passaporte electrónico válido, podem entrar no Japão sem obtenção prévia de visto de estada temporária, e permanecer durante uma estadia inferior a 90 dias, com os seguintes motivos:
  • Turismo, fins recreativos, visita a familiares ou pessoas conhecidas, participação em palestras não remuneradas, participaçaão em conferências, viagem de negócios (tais como estudos de mercado, negociações, assinatura de contratos, serviços pós-venda das maquinas importadas, etc.), ou outras actividades similares não remuneradas.
Mesmo que seja nacional desses países, se esse pretender executar actividades remuneradas directamente no Japão, deve obter visto, conforme a natureza de actividade. Além disso, os acordos de isenção de visto acima indicados não poderão ser aplicados no caso de as visitas ultrapassarem o prazo de estadia aí estipulado. Nesses casos, será necessário requerer um visto. A lista de países isentos de visto nos casos acima está disponível no site de Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão: